Busca por viagens no Brasil acelera durante julho; Rio de Janeiro é o destino mais procurado

Destinos de apelo regional, como Gramado (RS) e Campos do Jordão (SP), também estão entre os mais procurados para os próximos meses (Foto: Luciola Vilella – MTur)

De acordo com dados do Expedia Group, o aumento nas buscas por viagens cresceu no último mês de julho. A pesquisa não só confirma a tendência de buscas por hospedagens em datas mais próximas, mas mostra também que, recentemente, o viajante brasileiro ficou mais animado em viajar.

Durante julho, a busca por viagens no Brasil para os meses de agosto a outubro teve um crescimento médio de cerca de 30% a cada semana, sempre em comparação com o período anterior. Além disso, as consultas para o período mencionado foram, ao longo de julho, mais que 100% maiores do que as realizadas para os meses de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Na semana iniciada no dia 20 de julho especificamente, o crescimento foi ainda mais expressivo: de aproximadamente 50% sobre os sete dias anteriores, para viagens entre agosto e outubro. Embora o mês de agosto tenha sido o mais procurado, houve também altas de quase 40% nas buscas para hospedagens em setembro e outubro.

Ou seja, aos poucos, a confiança dos turistas para marcar uma viagem com uma antecedência um pouco maior está voltando.

“A situação no Brasil ainda é bastante difícil, com muitos destinos ainda sofrendo com restrições de viagens e abertura dos estabelecimentos. Mas percebemos que, em junho e sobretudo em julho, as pessoas ficaram mais dispostas a fazer alguns deslocamentos. Isso sugere uma volta gradual da confiança para viajar”, afirmou Nuno Sales da Ponte, Diretor para o Brasil do Expedia Group.

DESTINOS MAIS PROCURADOS

O estudo revelou os dez principais destinos buscados pelos viajantes

Nesse sentido, Rio de Janeiro e São Paulo seguem sendo as cidades mais procuradas para viagens no Brasil. No entanto, destacam-se também destinos conhecidos pelo seu apelo regional, como Gramado (RS), Campos do Jordão (SP), Monte Verde (MG) e Ilhabela (SP). Isso mostra que os deslocamentos mais curtos e feitos de carro ganharam espaço na tomada de decisão.

As buscas por viagens a Gramado em agosto cresceram em torno de 70% entre a 1ª semana de julho (iniciada em 29 de junho) e a que começou no dia 20. Já as procuras para Campos do Jordão, também em agosto, quase triplicaram, na mesma comparação.

“Os números absolutos ainda são pouco representativos em relação a um período ‘normal’, devido ao cenário desafiador que o Brasil vive. Mas, mesmo assim, é possível notar um crescimento sustentado durante o mês de julho, algo que nos deixa otimista”, apontou Sales da Ponte.