Praia em Bariloche? Veja o que o destino oferece para os turistas no verão

Praias de lagos e esportes são os grandes atrativos da cidade na estação mais quente do ano

Apesar de estar ao sul e ser a porta de entrada para a Patagônia, Bariloche chega a temperaturas que atingem 30 graus durante o verão. Isso permite que o turista aproveite as praias de lagos e a montanha no destino. Por muito tempo, aos olhos de turistas estrangeiros, Bariloche se posicionou como “a Suíça da América do Sul” e se consolidou como um destino de frio, mas isso vem mudando porque a cidade apresenta atrações em todas as estações do ano.

No verão, a cidade tem características que a tornam única, pela diversidade de suas paisagens, que vão desde a estepe (o deserto da Patagônia) a até lagos, cachoeiras, florestas e montanhas. O lago Nahuel Huapi, por exemplo, oferece cenários incríveis para relaxar em suas margens, ou também diversão para quem gosta de caiaques, stand up paddle e equipamentos de mergulho, dentre outros esportes aquáticos.

Bariloche é também uma das cidades mais procuradas da região quando o assunto é a prática de esportes de aventura. Um exemplo disso é o Ironman, maior circuito de Triathlon do mundo, que tem uma de suas etapas passando pela região desde os últimos três anos.

Além de ser uma época menos procurada, fazendo com que o destino não esteja sofrendo com o overtourism, o verão em Bariloche permite uma maior variedade de atrativos, pois o clima acompanha. Escalada, arvorismo, cavalgada, Pump Track, caiaque de travessia, kite surf, navegação, rafting e até mesmo mergulho são algumas das MUITAS atividades que podem ser realizadas no destino.

Veja algumas opções do que fazer na cidade durante a estação mais quente do ano:

PRAIAS E MONTANHAS:

O destino oferece diversas opções de esportes aquáticos e terrestres

Bariloche possui a mais importante rede de abrigos de montanha da Argentina. Existem vários circuitos que formam as praias de lago, com trilhas para trekking, bicicletas e espaços gastronômicos. Todos os anos, esses cenários são visitados por milhares de turistas que vêm de todo o mundo para se maravilhar com suas trilhas, vistas, cursos de água que faz a pessoa se sentir que o céu está realmente à mão.

Uma das peculiaridades dessa verdadeira “rede” de abrigos é que todos são conectados por caminhos que permitem a sua união sem precisar retornar à cidade. Essas paisagens podem ser aproveitadas através de excursões tradicionais ou agências que personalizam os passeios para uma experiência mais luxuosa.

 A tradicional Praia Bonita, no quilômetro sete da Avenida Bustillo, em frente à Ilha Huemul é considerada “a praia” dos moradores da cidade e um dos lugares favoritos dos turistas. Além disso, é um dos mais extensos balneário da Capital dos Lagos que apresenta uma praia de pedras brancas, um lago de águas profundas e povoadas por pequenas ilhas e toda a infra-estrutura necessária: banheiros, bar, restaurante e segurança.

Outra opção de praia em Bariloche é a Bahia Serena, no quilômetro 12 de Bustillo, um pequeno e tranquilo ambiente familiar com areia mais fina que proporciona uma descida ao lago. É um lugar ideal para descansar, embora seja geralmente o mais movimentado da cidade. Os turistas são atraídos pela água espelhada dos seus 200 metros de costa.

Já no centro de Bariloche, é possível aproveitar a praia pública, que fica em frente ao Centro Cívico e a Praia do Bicentenário.

Os lagos são o grande atrativo de Bariloche no verão. O turista pode fazer atividades como: navegar pelo Nahuel Huapi e chegar à Ilha Victoria e à Floresta Arrayanes, zarpar de Puerto Pañuelos e atravessar o lago até Puerto Blest e Cascada de los Cántaros, fazer a travessia andina e juntar-se à Argentina e vela no Chile.

Também é possível navegar pelo Braço da Tristeza, caminhar pela floresta de coihues até chegar à cachoeira do córrego Frey – profundo fiorde glacial a sudeste do lago. As paisagens são espetaculares e, sendo uma rota pouco visitada, é possível apreciar a natureza quase exclusivamente só para o viajante.

Outra possibilidade oferecida por Bariloche é conhecer as colinas e suas geleiras, como El Tronador, os Cerros Catedral, López e Campanario. Existem diferentes atividades de aventura, caminhadas e teleféricos, entre outras opções.

Os cenários das montanhas também são um espetáculo a parte durante o verão

Pra quem busca entretenimento, Bariloche está pronta o ano todo para fornecer excursões e serviços de infraestrutura. É possível visitar os centros de equitação, ideais para travessias (que dura meio dia ou até mesmo o dia todo) com guia especializado. Para um pouco mais de adrenalina e emoções, o rafting pode ser feito com diferentes graus de dificuldade ao longo do dia.

GASTRONOMIA

A cidade possui bons restaurantes e cervejarias que permitem a degustação da gastronomia local

Os sabores da Patagônia são uma atração à parte da região. A área possui uma variedade de cervejarias artesanais, onde é possível provar diferentes tipos de cervejas feitas com a água mais pura da montanha e realizar visitações nas fábricas da região, com explicação de como é produzido cada tipo de cerveja.

Cada fábrica e cervejaria têm sua própria personalidade, e existem passeios especializados como o Beer Experience Tour que permite conhecer três das fábricas mais importantes, finalizando com uma degustação harmonizada com um menu especial.

Nos cardápios dos restaurantes da região, é possível encontrar alimentos como truta, frutas vermelhas e cordeiro nesta época do ano. Há opções mais sofisticadas, com o restaurante El Llao Llao, famoso por sua hora do chá e que agora inclui um novo menu de sushi com produtos regionais.

O restaurante Quiven é outro que propõe um menu degustação de sete etapas que varia de noite para noite e onde é possível experimentar, por exemplo, sorvete de salmão.

TURISTAS BRASILEIROS

Os turistas brasileiros têm uma vantagem adicional em sua visita a Bariloche, que é a isenção de IVA em acomodações com pagamentos com cartão emitidos no exterior. Além disso, a taxa de câmbio atual da Argentina é muito favorável para quem vem do Brasil.