Com aumento no número de casos do Covid-19, funcionários da Disney pedem a suspensão da reabertura dos parques nos EUA

Funcionários dos parques da Disney pedem o adiamento da reabertura dos parques por conta do aumento no número de casos do novo Coronavírus nos destinos

No último sábado (20), trabalhadores e colaboradores da Disney World iniciaram uma petição pedindo a empresa que adiasse a reabertura dos parques e resorts do complexo nos Estados Unidos. A reivindicação reuniu milhares de assinaturas, quase alcançando sua meta de 4.000 assinaturas na segunda-feira (22).

Nas últimas semanas, o destino de férias mais visitado do mundo anunciou a reabertura de seus parques temáticos na Flórida já no próximo mês, mais especificamente nos dias 11 de julho (Magic Kingdom e Animal Kingdom) e 15 de julho (Disney’s Hollywood Studios e Epcot). Os empreendimentos da California tem reabertura prevista para 9 de julho (Disneyland Resort), 17 de julho (Disneyland Park e Disney California Adventure) e 23 de julho (Disney’s Grand California Hotel & Spa e Disney’s Paradise Pier Hotel).

Os funcionários da Disneyland California foram ainda mais longe: líderes sindicais representando mais de 17 mil funcionários enviaram uma carta ao governador da Califórnia, Gavin Newsom, na semana passada, dizendo que os casos crescentes de coronavírus no país tornam insegura a reabertura do resort na data prevista para 17 de julho.

As manifestações a favor da suspensão da reabertura tem como motivo principal o aumento de casos de Coronavírus no país norte-americano. Na segunda-feira (22), a Califórnia registrou um novo recorde de hospitalizações, superando um recorde de abril, enquanto a Flórida registrou vários aumentos diários nos casos de coronavírus na semana passada.

Na Flórida, os dois maiores concorrentes dos parques da Disney, o Universal Studios e o SeaWorld, já reabriram suas portas, com diretrizes mais rígidas de segurança e higiene e capacidade reduzida. A Disney World está fechada desde o dia 16 de março, estimando uma perda de até US$ 40 milhões por dia desde o início da pandemia. A empresa precisou cortar o salário de mais de 100 mil funcionários para manter suas operações.

Mas a Disney já começou a reabrir algumas de suas propriedades de resort, incluindo seus parques em Xangai e Hong Kong. Até mesmo na Flórida, o complexo de diversões já reabriu sua área comercial de Disney Springs – anteriormente chamada Downtown Disney e o Fort Wilderness Resort and Campground.

Para as próximas fases e reabertura, a Disney já divulgou os procedimentos que serão adotados para garantir a segurança dos funcionários e visitantes. Entre algumas das medidas tomadas pelos parques, podemos destacar os procedimentos de higiene aprimorados, a realização de exames de temperatura nos visitantes e a obrigatoriedade do uso de máscaras por todas as pessoas com idade maior a dois anos.

Com informações da Forbes USA

One Comment on “Com aumento no número de casos do Covid-19, funcionários da Disney pedem a suspensão da reabertura dos parques nos EUA”

Comments are closed.