Azul realiza novos voos de repatriação

Com o objetivo de repatriar brasileiros que estavam distantes de seus países, a companhia realiza nesta semana outras duas operações inéditas em sua história para Gana e Trindade e Tobago

A Azul opera, nesta semana, dois voos de repatriação de brasileiros que ficaram retidos no exterior devido à pandemia da Covid-19. O primeiro voo, com destino à Acra, capital de Gana, decolou na segunda-feira (20) de manhã do Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, no Recife.

O Airbus A330, com mais de cem brasileiros, retornou ao Brasil no mesmo dia e chegou em Campinas às 01:45 desta quarta (22). O segundo voo, com destino à Trindade e Tobago, conjunto de ilhas localizadas no mar do Caribe, deve decolar de Manaus até o fim desta semana com destino ao Aeroporto Internacional de Piarco, próximo à capital do país. A operação de retorno, que será cumprida com uma aeronave modelo Embraer 195, terá Campinas como destino final.

Desde o início da pandemia, a Azul tem realizado diversos voos de repatriação para trazer para casa brasileiros isolados em outros países, que não puderam sair devido às restrições de viagens, fechamento de fronteiras e cancelamento de voos. A companhia já operou voos de repatriação para Equador, Peru, Chile, Argentina, Bolívia, Itália, Cabo Verde e Barbados.