Azul é eleita a melhor companhia aérea do país no Prêmio Consumidor Moderno

Jason Ward, vice-presidente de Pessoas e Clientes da Azul

A Azul acaba de ser eleita – em uma premiação virtual – como a melhor Companhia Aérea pelo Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente. Das últimas doze edições da premiação, a Azul conquistou o troféu em seis delas.

“Ser reconhecida como a empresa que mais respeita o consumidor pela sexta vez é muito gratificante para nós e mostra a dedicação, comprometimento e paixão que nossos tripulantes têm ao atender nossos clientes. Uma empresa feita de pessoas para pessoas. Nos últimos anos, temos investido muito em tecnologia e inovação, lançando ferramentas inovadoras para nosso mercado, tudo para facilitar cada vez mais a vida dos passageiros, mas sem deixar de lado uma parte fundamental de todos os nossos serviços: a humanização”, celebra Jason Ward, vice-presidente de Pessoas e Clientes da Azul.

Considerado o maior reconhecimento nacional às empresas que praticam a excelência da gestão focada e centrada nas melhores práticas de relacionamento e atendimento ao cliente, o Prêmio Consumidor Moderno foi adaptado ao momento atual. A cerimônia foi realizada na noite de ontem (14) em uma live.

No segmento de empresas aéreas, a Azul se destacou, principalmente, por atributos como qualidade e variedade de produtos, que também demonstram respeito pelo consumidor por se adequarem a diversos perfis e exigências.

A primeira etapa da pesquisa liderada pela Consumidor Moderno, revista especializada em relações de consumo do Grupo Padrão, avaliou a gestão e estratégia de relacionamento da empresa com o cliente, avaliando informações gerais sobre canais, indicadores de recursos humanos, a capacidade de a empresa prestar atendimento multicanal e os métodos e projetos inovadores aplicados à prática no setor de Relacionamento com o Cliente.

A segunda etapa avaliou, na prática, o atendimento da empresa por um cliente fictício, que buscou diferentes canais para validar a gestão de atendimento. Já a terceira etapa, contou com o cruzamento de dados dos indicadores gerais da primeira etapa com a segunda fase.